Arquivo da tag: inglaterra

{para ver} LONDRES

Um giro pela cidade >>>

Escultura de sereia e golfinhos compõem um chafariz na Trafalgar Square.

Quanto movimento! Sereia e golfinhos, na Trafalgar Square.

Big Ben

It’s quarter past… tea time!

Continue reading “{para ver} LONDRES” »

Gostou?

O lado divertido e curioso de Londres

A fachada do museu.

Ô, fachada maravilhosa!

Uma das atrações imperdíveis em Londres é o Natural History Museum. Eu, que já trabalhei em um museu de ciências, adoro esse tipo de programa e, por isso, sempre que tenho a oportunidade de visitar alguma instituição dessas, é o que faço. Claro, né? Não sou masoquista.

Ao contrário do que ocorre em muitos lugares do mundo, em Londres, vários museus têm entrada grátis! Não é uma maravilha? Em compensação, a entrada a igrejas é paga. Acho uma boa troca. Continue reading “o lado INTERESSANTE E CURIOSO de LONDRES” »

Gostou?

O lado pessoal de Stonehenge

Foto de Stonehenge ao longe, rodeada de visitantes. Vê-se um gramado ver de um céu com nuvens escuras.

Parece que o ritual de hoje em dia é caminhar em volta das misteriosas pedras.

Um amigo meu me perguntou o que senti ao estar diante de Stonehenge. E eu lhe respondi que eu me senti dentro de um livro. Que era um daqueles lugares que, para mim, pareciam inalcançáveis quando criança.

Com essa resposta, fica claro que o meu interesse com relação ao famoso alinhamento megalítico era pessoal e emocional. Não sou historiadora, nem geóloga, antropóloga ou algo do tipo. Sou apenas o resultado de uma criança curiosa que viajava nas páginas de enciclopédias e revistas. Continue reading “o lado PESSOAL de STONEHENGE” »

Gostou?

O lado estivador da Adriana

Imagem feita a partir de desenhos que representam malas de viagem.

Tenho um amigo que viaja o mundo apenas usando milhas acumuladas e estrategicamente multiplicadas. O cara é um ás dos programas de milhagens. O cérebro dele já está preparado para vislumbrar a melhor solução, o melhor caminho até o destino almejado, através das vantagens oferecidas por esses programas de pontos, sem gastar nada mais.

Já foi três vezes à Europa de graça, enquanto que pobres Homo sapiens continuam gastando os tubos para se dar esse prazer do turismo. Sim, porque ele deve ser de outra espécie que não a nossa. Seu cérebro certamente está adaptado de maneira incomum, que lhe proporciona fazer sinapses que vocês e eu, meus queridos, não fazemos. Ah, não fazemos não. Continue reading “o lado ESTIVADOR da ADRIANA” »

Gostou?

O lado espetacular de um chá

Foto de uma taça transparente com a flor de chá desabrochada dentro. Ao fundo, um sanduíche tipo bagel.

Um espetáculo diante dos meus olhos.

Entrei em uma cafeteria em uma manhã de segunda-feira, em Nottingham, para tomar o meu café-da-manhã. Aliás, seria uma casa de chás? Não sei. Só sei que o lugar estava repleto de delícias para a primeira refeição do dia. Havia croissants e bagels com variados recheios, brownies nas mais diversificadas nuances de chocolates e complementos, uma tortinha de granola que estava uma delícia, muffins de todos os sabores. E, para beber… Bem, para beber, eu ia pedir um Earl Grey, chá preto com toque de bergamota que é um clássico no mundo dos chás e eu adoro. Continue reading “o lado ESPETACULAR de UM CHÁ” »

Gostou?

olbdt_pulinho_liverpool_titulo

No enquadramento, está a parte traseira e uma komvi, onde está escrito "Liverpool ice cream". Ao fundo, a cidade de Liverpool.

So cute! Um tipo de kombi que vende sorvetes. Ao fundo, o rio Mersey.

Passei uma tarde em Liverpool no estilo “vou dar um pulinho lá”. Explico. Fui de Madri a Nottingham visitar um amigo que estava fazendo aniversário. Como aquela é uma cidade pequena e eu fui para passar o fim de semana, o tempo deu e sobrou para conhecer Nottingham. Um dos dias foi usado, então, para dar uma chegadinha em alguma outra cidade próxima. A escolhida foi Liverpool. Continue reading “o lado PULINHO de LIVERPOOL” »

Gostou?

O lado fofo de uma lembrança.

Foto do Lago Ness em um dia nublado. Árvores em volta e gramado.

Ei! Alguém aí?! Em Loch Ness.

Quando eu era criança, o meu dinossauro preferido era o plesiossauro. Meu irmão e eu tínhamos uma enciclopédia de História Natural onde havia uma ilustração desse animal gigante, verde, com pescoço comprido, patas de nadadeiras e boca cheia de dentes pontiagudos que me causava um misto de admiração e medo. Já me disseram que ele não é exatamente um dinossauro, ou seja, não se encaixa nessa definição, mas tudo bem. Para mim, é dinossauro sim. Dino significa terrível. Sauro quer dizer lagarto. Vai me dizer que o plesiossauro é um fofo? Não. Então é dinossauro e pronto. Humpf! Continue reading “o lado FOFO de uma LEMBRANÇA” »

Gostou?