Arquivo da tag: madri

O lado thriller de um lanchinho.

Estava eu tranquilamente dentro de um Starbucks, em Madri, enquanto tomava uma xícara de café (uma piscina de café, cá entre nós) e saboreava um delicioso cookie verde de pistache.

Eu tinha acabado de chegar e a minha intenção não era só merendar, mas também escrever um pouco. Não sei por quê, mas muitas vezes gosto de fazê-lo com o burburinho de uma cafeteria em volta.

Tirei da bolsa o celular e o coloquei em cima da mesa. Tirei a tablet da bolsa também e a liguei para acessar o WordPress. Tudo isso bem sossegadamente.

De repente, escuto uma moça gritar algo que não me lembro, mas que a fazia soar meio desesperada. Continue lendo

Gostou?

O lado inusitado de um fotógrafo.

Entrada à exposição.

Em Madri existe um centro cultural que eu adoro. É o CaixaForum, gerido pelo banco La Caixa.

A primeira coisa que chama a atenção é o imenso jardim vertical que dá vida à parede do seu pátio externo. Trata-se de uma fachada coberta de plantas e, em algumas temporadas, flores. Vez por outra, passo por ali no momento da rega e é bem simpático de se ver.

Mas não era sobre isso que eu vim aqui escrever.

Dia desses, estive lá para ver uma exposição que me pareceu muito interessante. Chama-se “¡Sorpréndeme!”, sobre o fotógrafo Philippe Halsman. Um belo de um banner com a diva Marilyn Monroe saltando é o convite para entrar no centro cultural e conhecer e admirar a obra de Halsman.

A vida do fotógrafo americano e de origem judaica já começa bem inusitada. Para início de conversa, Continue lendo

Gostou?

O lado criativo que há em você.

Sala de palestras. A impressora em cima de uma mesa e várias pessoas observando-a e conversando sobre o tema.

Momento de pausa na palestra para observar a impressora 3D e seus “filhos”.

Na última sexta-feira, fui ao Google Campus Madrid para assistir a uma palestra sobre impressão 3D. Eu já havia estado lá antes, no final do ano passado, só para conhecer o lugar. Google Campus é um espaço gerido pela Google e tem como objetivo servir de local para qualquer pessoa que queira trabalhar em projeto próprio e, de quebra, conhecer outros empreendedores.

A área de uso comum é uma cafeteria que, no Campus Madrid, se chama Do Eat! Com wi-fi grátis e um ambiente bastante agradável, a Do Eat! é um ótimo lugar para desenvolver ideias, fazer reuniões e se impregnar do espírito empreendedor. Continue lendo

Gostou?

The dark side of Madrid

Do lado esquerdo, a Puerta de Alcalá. Do lado direito, o capacete do First Order Stormtrooper.

Capacete de um First Order Stormtrooper e a Puerta de Alcalá.

Uma coisa que estou percebendo que não sou é oportunista. Já fazem umas boas semanas que se deu a estreia do mais novo longa da saga Star Wars. E eu só venho com este post agora. Ok. Ou eu não sou oportunista ou é falta de planejamento mesmo.

E já faz tempo também que a exposição Face The Force chegou ao seu fim, aqui em Madri. Continue lendo

Gostou?

O lado bonito do frio em Madri.

No início deste ano, nevou lindamente em Madri. Ou seja, há quase um ano! (Post escrito em 29 de dezembro de 2014.)

No aplicativo do iPhone e em outros sites de previsão do tempo, só previa-se chuva. Mas um amigo de um amigo meu indicou um site que, segundo ele, era oficialíssimo. E nesse site, previa-se neve de manhã, em um determinado dia de fevereiro de 2014.

Então, já na véspera, estava eu esperando. E nem dormi! Como já durmo tarde, trabalhando, resolvi virar a noite para não correr o risco de dormir demais e perder a neve e o banco, já que os bancos na Espanha fecham às 14h30. E eu precisava depositar, pois era o último dia para realizar pagamentos. Continue lendo

Gostou?

O lado insólito de ir ao ginecologista

Meu anticoncepcional estava no fim. Marquei consulta a um ginecologista, através de uma busca na internet por um médico que tivesse boas referências. Achei um site, o Doctoralia, onde dois médicos estavam no topo de opiniões favoráveis e cotações de estrelinhas.

O primeiro era uma mulher, na verdade. Todos falavam maravilhas dela. Pensei: “É esta.” Fui marcar a consulta. Só tinha para o ano de 2027. Um abraço!

Imagem que mostra um padrão com desenhos de uma cadeira, um abajur e um símbolo do feminino.

Fiquei preocupada. “Será que vai ser difícil achar um que seja bom, disponível para agora?”, pensei. Entrei no perfil do segundo da lista: Dr. Antonio Pereira Pérez. Também muito bem cotado de estrelinhas. Opiniões favoráveis também, claro. E gostei do sobrenome, bem português/galego/brasileiro. Fui marcar a consulta e… ufa! Próximo horário livre: 29 de maio de 2014. Isso foi no início do mês.

E o dia da consulta havia chegado. Fui a pé pois era relativamente perto. Gostei do “passeio”, pois passei por ruas que eu nem imaginava que existiam. Que beleza!

Chegando lá no edifício, perguntei ao porteiro: “¿El Doctor Pereira, por favor?” E ele me indicou o lugar do consultório. Continue lendo

Gostou?

O lado pastelão de ir ao Consulado.

Um dia precisei ir ao Consulado Brasileiro em Madri, para fazer uma procuração.

Como estava passando em frente, entrei para saber o que deveria fazer para ser atendida. Os guardas me disseram que eu deveria marcar um horário através de um email que eles me deram ali.

Depois de tanto tempo sem obter resposta, voltei lá e expliquei a situação à guarda. Ela me disse que então ela mesma iria marcar um horário para mim. E assim foi: marcou para o dia seguinte. Por coincidência ou não, quando cheguei de ter estado lá conversando com ela, eis que chega uma resposta ao meu pedido de agendamento, dizendo que eu estava marcada para a sexta daquela semana. Fingi que não li. Ah, me poupe. Me dão o email errado, demoram uma semana para responder e, depois que fui lá resolver a questão tête-à-tête, me marcam para o final da semana. “Vou é amanhã!”, pensei, decidida.

Chegando lá, a guarda me reconheceu e simpaticamente foi lá dentro avisar a minha importante chegada. Bom, pelo menos me senti assim. E não me convençam do contrário. Continue lendo

Gostou?