Arquivo da tag: viagens

Os dois lados de Rodes.

Eu, no porto de Rodes. Vê-se o mar bem azul, mais para o tom escuro. O céu azul claro e sem nuvens. A cidade amuralhada ao fundo.

Uma jovem loba do mar!

A Grécia tem uma verdadeira coleção de ilhas. Todas belas e paradisíacas, coloridas com aqueles azuis vivos e abençoadas com um clima maravilhoso no verão. Ocorre, porém, que nem todas são badaladas. E isso é bom para aqueles que querem ter a alternativa aos grandes burburinhos.

Pelo jeito como estou escrevendo, parece que eu conheço alguma dessas ilhas secretas e resguardadas da maioria dos turistas. Mas não. Sei que existem, mas quando estive na Grécia, visitei logo as mais famosas e movimentadas. Afinal, fiz um cruzeiro pelas ilhas e, normalmente, os seus itinerários procuram atender a demanda da maioria dos consumidores. E, sim, eu fazia parte desse grupo. Eu queria conhecer Míkonos e Santorini. Não queria conhecer Pelekas, em Corfu, por exemplo, naquele momento. Não inventei esses nomes não, tá?

E, confessando a minha ignorância aqui, eu não sabia da existência de nenhuma das ilhas que figuravam no itinerário. Só conhecia os nomes Míkonos e Santorini mesmo. “Rodes? Que lugar é esse? Nunca ouvi falar, mas a programação diz que vamos passar um dia inteiro lá!”, pensei eu, lendo o folheto que informava sobre as paradas do navio. Continue reading “os DOIS lados de RODES” »

Gostou?

O lado fascinante do Templo de Karnak.

O Templo de Karnak foi um dos primeiros templos que visitei no Egito, na viagem que fiz a esse país em 2014. É bem capaz de ter sido o primeiro mesmo. Se não foi ele, foi o Templo de Lúxor. Os dois ficam na cidade que dá nome a este último, ou seja, a cidade de Lúxor! E era ali onde o navio do cruzeiro pelo Nilo estava atracado.

Imaginem que emoção. Estar dentro de um templo do Antigo Egito! Isso, para mim, é quase o mesmo que visitar outro planeta. Porque o Egito, atualmente, já é bem diferente do que estou acostumada a ver e vivenciar. Há algumas semelhanças, claro, com lugares do Brasil. A existência de engarrafamentos monstro é uma delas. Mas, no geral, é bem diferente. E eu acho isso maravilhoso!

E o que dizer de estar em um resquício do Mundo Antigo, que começou a ser construído há mais de 4 mil anos? É como voltar no tempo, bisbilhotar uma realidade completamente alheia. Continue reading “o lado FASCINANTE do TEMPLO DE KARNAK” »

Gostou?

O lado multifacetado da Escócia.

Kilt Rock rocks!

Era outono de 2014. No hemisfério norte, ele começa no final de setembro e vinha chegando para dar uma trégua no calor e colorir as ruas com belos tons avermelhados. De fato, cada estação tem os seus encantos e particularidades. E para aproveitar e se deleitar com esse espetáculo da natureza, um destino altamente recomendável para essa época é a Escócia. E quando digo Escócia, me refiro a diversas cidades.

Edimburgo, a capital, provavelmente é a mais lembrada quando se pensa em território escocês. E de fato é linda, cheia de atrações, movimentada como uma metrópole mas sossegada como uma cidade pequena. Um dos dois castelos mais importantes do país está ali e é o imperdível Edinburgh Castle. Sustentado sobre uma rocha de proporções gigantescas, a edificação que ali repousa exibe ao público um rico conteúdo formado por agradáveis jardins, luxuosos salões, intrigantes acervos militares e ostentosas coleções de jóias. Continue reading “o lado MULTIFACETADO da ESCÓCIA” »

Gostou?

O lado milagroso de um embarque na Ryanair

Quem é gente rica igual a mim sabe como é. Gente rica, sabe? Que compra voo da Ryanair para os horários mais gostosinhos, tipo às 6h da manhã. Que relaxa na cabine do avião, naquele espacinho aconchegante que propicia o deleite do calor humano de todo mundo juntinho. Que descansa nesse voo ao som melodioso de anúncios de loterias. Ai, ai… Não há comparação.

Irlanda, Ibiza e Escócia: alguns dos lugares aonde fui pela Ryanair!

E como não incluir nesse pacote de benefícios o suspense emocionante que se faz presente naquele espaço de tempo em que você aguarda o veredicto sobre se a sua mala passará pelo crivo do fatídico gabarito ou não? Aquele momento antes do embarque, em que todos os passageiros têm a oportunidade quase única de exercitar a sua criatividade, seja vestindo um casaco e amarrando outro na cintura, usando duas calças ao mesmo tempo, exibindo no pescoço dois cachecóis ou escondendo a bolsa a tiracolo por baixo do sobretudo. É uma coisa bonita de se ver. Quando a humanidade quer, ela sabe como se superar.

Pois bem. Certa ocasião, em uma das vezes em que viajei pela Ryanair, estava eu Continue reading “o lado MILAGROSO de um EMBARQUE NA RYANAIR” »

Gostou?

O lado turístico de Bruxelas

Close nas flores de um mercado temporário na Grand Place. o fundo se vê um pouco da arquitetura do local.

Mercado de flores alegra a Grand Place!

Bruxelas não costuma figurar nas listas de principais destinos de viagem. Isto é um tanto injusto. A cidade, capital da Bélgica, é muito gostosa para ser visitada. Suas ruas e praças são cheias de encanto. A parte antiga é composta de edifícios de arquitetura medieval, tendo a cidade começado a se formar a partir do século X.

A Grand Place, principal praça de Bruxelas, é uma jóia a ser admirada. É a praça central dali, como existem, na Espanha, as plazas mayores”. Se querem saber a minha opinião, esta é a praça central mais bonita que já vi. Para chegar até lá, passa-se por muitas ruas estreitas. E, quando finalmente a pessoa se depara com aquele espaço relativamente amplo, cercado de fachadas ricamente elaboradas em pedra, é impossível não extasiar-se. Continue reading “o lado TURÍSTICO de BRUXELAS” »

Gostou?

Silhueta de homem sentado na proa do barquinho. Ao fundo, a praia.

Que belezas!

Gosta de lugares paradisíacos? Então, tenho um lugar fantástico para recomendar. A Praia do Sono, em Paraty!

É engraçado o fato de lugar paradisíaco sempre ser uma praia, não é verdade? Ninguém nunca se refere assim a uma montanha ou a uma lagoa, não sei por quê. E, fora do tema da natureza, um paraíso, dependendo da pessoa, pode ser também uma grande metrópole, cheia de movimento e pessoas e restaurantes. Enfim. Algo que me passou pela cabeça agora. Continue reading “o lado REVIGORANTE da PRAIA DO SONO” »

Gostou?

O lado pop de um sorvete

Em close, o sorvete, de cor branca, e no meio de dois biscoitos, tipo um sanduíche. Vê-se a minha mão segurando o sorvete. Ao fundo está a loja.

6°C: temperatura ambiente ideal para tomar sorvete sem pânico.

Enquanto passeava por uma das ruas mais movimentadas e comerciais de Amsterdam, a Nieuwendijk, vi duas senhorinhas alegres freneticamente tomando um sorvete branco servido em casquinhas. “Nossa! Muita vontade mesmo de tomar sorvete neste frio! Nunca viram sorvete na vida ou o quê?”, pensei. Bastou dar alguns passos mais adiante para um dos meus amigos anfitriões dizer “Aqui se vende um sorvete que é típico. Se quiser experimentar, está ali”, apontando para uma simpática e bem cuidada lojinha. Continue reading “o lado POP de um SORVETE” »

Gostou?