Arquivo da tag: paraty

Silhueta de homem sentado na proa do barquinho. Ao fundo, a praia.

Que belezas!

Gosta de lugares paradisíacos? Então, tenho um lugar fantástico para recomendar. A Praia do Sono, em Paraty!

É engraçado o fato de lugar paradisíaco sempre ser uma praia, não é verdade? Ninguém nunca se refere assim a uma montanha ou a uma lagoa, não sei por quê. E, fora do tema da natureza, um paraíso, dependendo da pessoa, pode ser também uma grande metrópole, cheia de movimento e pessoas e restaurantes. Enfim. Algo que me passou pela cabeça agora. Continue reading “o lado REVIGORANTE da PRAIA DO SONO” »

Gostou?

{para ver} PARATY

Paraty, RJ, BRASIL

Fachada de arquitetura colonial e várias redes coloridas penduradas.

Tranquilidade à venda. E em várias cores.

Fachada de uma peixaria em estilo colonial.

Peixes fresquinhos. Dentro. :-)

Continue reading “{para ver} PARATY” »

Gostou?

O lado abraçante de Trindade

O mar azul em um dia de sol. A espuma que chega do mar à areia é branca e limpa. Uma parte de um monte está como que lançado ao mar e revestido de uma vibrante e verde vegetação.

Praia de Fora, um exemplo claro de um abraço de uma praia. ;-)

Pensando e me lembrando de Trindade agora, tenho a inevitável necessidade de expressar minha sensação ao estar em algumas de suas exuberantes praias. Não se trata de empregar, simplesmente, adjetivos que qualificariam sua aparência. Trindade nos presenteia com redutos de pura paz, vida e aconchego. Eu me sinto abraçada lá. Em um outro post, comentei que as praias de Formentera, na Espanha, são lindas e paradisíacas, mas que não têm esse abraço a que me refiro. Continue reading “o lado ABRAÇANTE de TRINDADE” »

Gostou?

O lado curioso de Paraty

Foto da Praça da Matriz de dia. Muito ensolarado. Vê-se a igreja.

A Igreja de Santa Rita de Cássia estava linda, combinando com o dia colorido e ensolarado.

No último inverno do hemisfério sul, estive passando uns dias em Paraty, Estado do Rio de Janeiro. E muito se engana quem pensa que a palavra “inverno” tem um significado negativo neste contexto de férias e cidade com praia. Paraty estava muito bonita. Além das belas fachadas de arquitetura típica do período colonial do Brasil, o sol brilhava linda e incessantemente. Durante o dia, lógico.

Devido a um contratempo em uma cidade próxima chamada Frade, a chegada, prevista para as 11h da manhã, foi atrasada para as 16h. E aí, já viu, né? Continue reading “o lado CURIOSO de PARATY” »

Gostou?