O lado encantador de Óbidos.

Em primeiro plano, o meu rosto e, em segundo plano, a muralha.

A muralha e eu.

Cansou da trivialidade da vida cotidiana e deseja um descanso do séc. XXI? Um bom caminho para se ter uma experiência fora do comum é passar uns dias em Óbidos, ao oeste de Portugal.

Foi no séc. XIII que o rei Dinis se casou com Isabel de Aragão. E um dos presentes à então rainha foi Óbidos. A cidade medieval amuralhada conserva recantos que esbanjam charme e proporcionam momentos de muita paz e bem-estar. Normalmente recomendada para passeios de um dia com saída de Lisboa, Óbidos pode, tranquilamente e com muita eficiência, ser também o cenário para um fim de semana.

Seu centro histórico exibe casas de arquitetura tradicional portuguesa, com suas paredes brancas e detalhes em azul, principalmente. As flores também desempenham um papel importante na decoração das fachadas, deixando evidente o cuidado primoroso que se tem com o patrimônio histórico. O passeio por suas ruelas, a pé e despreocupado, é o grande atrativo da visita.

Em primeiro plano, um bougainville, e em segundo plano, uma casa de fachada branca..

Lindo bougainville!

Apesar de pequenina, Óbidos está muito bem equipada com restaurantes e bares, sendo a culinária portuguesa uma das mais saborosas e variadas. Este é mais um motivo para aproveitar mais que um dia na cidade. E, para passar a noite, há ofertas de pousadas e casas para alugar. Algumas têm seus interiores totalmente reformulados, dando um ar de modernidade a construções antigas.

Qualquer época do ano é boa para visitar a cidade, mas quem gosta de feiras temáticas medievais deve se programar para ir entre os meses de julho e agosto, quando Óbidos se veste inteirinha de Idade Média, oferecendo espetáculos, gastronomia, mercados e artesanato típico daquela época.

Agora, o que não tem data específica é a presença da ginjinha! Essa deliciosa bebida é um licor feito com a ginja, uma fruta bem parecida com a cereja e muito popular na região. É comum ver, por ali, lojas especializadas onde as ginjinhas são servidas em copinhos de chocolate. Vai perder?

A belíssima Porta da Vila.

Saiba mais:

. site de Óbidos

. site do Mercado Medieval de Óbidos

Uma vista panorâmica da cidade.

Deliciosas ruas.

Duas fotos. Nas duas eu estou sob um bougainville. A primeira em 2013 e a segunda em 2015.

Eu em 2013 e em 2015. Por coincidência, de preto e azul escuro em ambas fotos.

Uma ruela pavimentada com pedra e cheia de lojinhas e cores. Vê-se um cartaz onde se anuncia a ginja e o chocolate.

Gostoso caminhar pela cidade amuralhada e provar a ginjinha.

Leia também:

:: o lado AVENTURESCO de IR A UM BANHEIRO DE LISBOA ::

:: o lado HISTÓRICO do PASTEL DE BELÉM ::

Uma charrete levando visitantes.

Pitoresco!

Gostou?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *