Arquivo da tag: espanha

O lado livraria de um restaurante.

Lupe no colo de Mamãe :-)

Com a companhia da cachorrinha Lupe para lá e para cá, o leque de opções olfativas dessa mascotinha aumentou consideravelmente. E nós, seus acompanhantes, também tivemos que farejar alternativas de lugares aonde ir para almoçar, por exemplo.

Um dos restaurantes mais legais que existem em Madri e que permitem a entrada de cachorros é o “El dinosaurio todavía estaba allí”. Já começa pelo nome, que eu achei o máximo. Procurando na internet, soube que faz referência a um micro conto do escritor guatemalteco Augusto Monterroso. Como trata-se de um micro conto, posso transcrevê-lo agora mesmo, sem problemas:

“El dinosaurio

Cuando despertó, el dinosaurio todavía estaba allí.”

FIM :-)

Ao chegar lá, percebe-se que o local é cheio de estilo. Estantes feitas com papel corrugado e repletas de livros encantam o ambiente. E, claro, alguns dinossauros também marcam presença.

Mas nome bonito e decoração estilosa não enchem barriga, né? E a comida é uma delícia! Continue reading “o lado LIVRARIA de UM RESTAURANTE” »

Gostou?

O lado inusitado de um fotógrafo.

Entrada à exposição.

Em Madri existe um centro cultural que eu adoro. É o CaixaForum, gerido pelo banco La Caixa.

A primeira coisa que chama a atenção é o imenso jardim vertical que dá vida à parede do seu pátio externo. Trata-se de uma fachada coberta de plantas e, em algumas temporadas, flores. Vez por outra, passo por ali no momento da rega e é bem simpático de se ver.

Mas não era sobre isso que eu vim aqui escrever.

Dia desses, estive lá para ver uma exposição que me pareceu muito interessante. Chama-se “¡Sorpréndeme!”, sobre o fotógrafo Philippe Halsman. Um belo de um banner com a diva Marilyn Monroe saltando é o convite para entrar no centro cultural e conhecer e admirar a obra de Halsman.

A vida do fotógrafo americano e de origem judaica já começa bem inusitada. Para início de conversa, Continue reading “o lado INUSITADO de UM FOTÓGRAFO :: Philippe Halsman” »

Gostou?

Os vários lados do churro.

Três churros, fininhos, com uma xícara de chocolate.

Estes são os churros espanhóis: fininhos e acompanhados de uma xícara de chocolate quente.

Bastante popularizado no Brasil pelo seriado mexicano Chaves, o churro é originário da Espanha e de Portugal. Ao que parece, a ideia do churro veio da China, mas tratava-se de uma massa esticada e não extrudada, como é o caso do nosso conhecido. É considerado um doce, mas a sua massa, na verdade, é até salgada, tendo, como ingredientes, água, farinha de trigo e sal. O sabor doce fica por conta do açúcar que se salpica por fora e do chocolate quente que habitualmente se toma para acompanhá-lo.

No Brasil, o churro é comumente chamado de churros. Ou seja, mesmo quando é um só, dizem “o churros”. O curioso é que, no Brasil, o churro é consumido unitariamente. Já na Espanha, Continue reading “os VÁRIOS lados do CHURRO” »

Gostou?

O lado nudista de Barcelona

Era relativamente comum ouvir falar da ocorrência de pessoas nuas em Barcelona, quando comecei a morar lá, na temporada de 2008/2009. “Gente pelada na cidade era assunto de rodinha de amigos, Adriana?” Não foi isso que eu quis dizer. O “relativamente” não foi usado à toa aqui.

Antes de ir morar em Barcelona, o tema em questão não estava presente na minha vida cotidiana em nenhum grau, em Niterói ou no Rio. E, sabe-se lá por quê, quando passei a ser moradora daquela cidade, não é que o assunto fosse muito frequente, mas ele passou a existir.

Logo nos primeiros dias, ao me encontrar com uma amiga minha, também brasileira, que conheci pela internet, fiquei sabendo que ela tinha visto, não fazia muito tempo, um homem pedalando uma bicicleta completamente nu.

As torres (pináculos) do templo da Sagrada Família, entre uns ramos de uma árvores.

Esta é a Sagrada Família, atrás de uns ramos de árvores.

Continue reading “o lado NUDISTA de BARCELONA” »

Gostou?

{para ver} VIDA DE CÃO EM BILBAO

Adoro captar imagens de cachorros quando passeio por aí. Esta vez foi em Bilbao, no País Basco, Espanha.

Um yorkshire caminhando com seu dono. Aparece o cachorro e apenas as pernas do dono.

Olhos que olham para frente e orelhas que olham para trás.

 

Em primeiro plano, um vaso grande com flores vermelhas. Ao fundo um cachorro pequeno branco passeando.

Procuro ser discreta e não apontar a câmera diretamente para os bichinhos. Hehe!

Continue reading “{para ver} VIDA DE CÃO EM BILBAO” »

Gostou?

O lado malvado de um patê.

Fachada do bar Ideas Peregrinas.

Uma gracinha de lugar!

Dia desses fui parar lá em Tui. Pois é, de vez em quando, eu praticamente me teletransporto para outro lugar. E desta vez foi para Tui, uma cidadezinha bem pequena, na região da Galícia, noroeste da Espanha.

O lugar é bem bonito, tendo uma catedral em estilo gótico bastante bem conservada e que oferece ao entorno muita beleza, especialmente ao anoitecer, quando o céu está azul escuro fosforescente e suas texturas estão devidamente valorizadas através de uma iluminação cuidadosa. Tui é bem sossegada mas com uma certa movimentação de gente, já que o Caminho de Santiago passa por ali. Ou melhor, um dos caminhos, pois existem vários.

Chegada a hora de jantar, uma opção interessante acenou para mim, ao rolar a tela do Tripadvisor. Continue reading “o lado MALVADO de UM PATÊ” »

Gostou?

o lado saboroso de Bilbao

Um copo de cerveja (zurito) e um pintxo.

Um zurito acompanhado de um delicioso pintxo.

“Os animais têm uns bicho interessante / imaginem só como é o pintxo de um elefante”. Quem não se lembra desses deleitosos versos que animaram os anos 90? Mas hoje vamos falar de outro pintxo, que nada tem a ver com esse, muito embora sempre me traga à lembrança a canção dos Mamonas.

“Pintxo” é a grafia basca para a palavra “pincho”, em castelhano. “Pinchar” significa espetar. Também tem o sentido de petiscar. Continue reading “o lado SABOROSO de BILBAO” »

Gostou?