O lado florido da Holanda.

Foto de um canteiro de tulipas vermelhas.

As clássicas tulipas vermelhas.

Quando cheguei ao belíssimo Keukenhof, minha vontade era de me dissolver no parque inteiro. Parecia que meu limitado ser, com os meus limitados sentidos eram insuficientes para apreciar aquele lugar em sua totalidade.

Este, que é o mais famoso parque de tulipas e outras flores de bulbo da Holanda, está a 30 min em trem da cidade de Amsterdam e só abre na primavera, por motivos óbvios. Durante o restante do ano, porém, não se enganem, o trabalho é árduo e quase artesanal, mas nem por isso menos prazeroso. Bom, pelo menos eu acho. Não fiz nenhuma pesquisa para saber se os seus funcionários gostam de trabalhar lá, mas eu adoraria.

O local que hoje é um nascedouro de milhões de flores, no passado foi jardim do castelo de uma condessa chamada Jacoba van Beieren, de onde eram colhidas ervas para abastecer a cozinha da sua residência. Vem daí o nome do parque, que significa “jardim da cozinha”.

Foto de um canteiro de tulipas rosa e umas outras flores brancas.

A perfeição em forma de flores.

Eu poderia dizer que sempre tive fascinação por tulipas, mas seria mentira. No entanto, não me lembro de quando foi que eu admirei uma imagem de tulipa pela primeira vez. Sim, imagem. Porque entre gostar de tulipas e ver de fato uma, tinha uma grande diferença “na minha época”. Quando eu era criança, não havia esse tipo de flor em Niterói. No Rio de Janeiro também não. :)

Acho que a lembrança mais remota que tenho dessas flores tão adoráveis e de origem turca (tulipa significa turbante) é de um episódio de um desenho animado onde o Pluto destrói o jardim da Minnie e ela, desolada, diz algo como “Pluto, você destruiu as minhas tulipas premiadas…” (Ler com voz de Minnie.) Este acabou por ser um sonho também: estar cara a cara com uma tulipa premiada!

Hoje em dia é bastante comum encontrar vasos com tulipas em supermercados e floriculturas. Apesar de não durarem muito em casa, no Brasil, elas conseguem satisfazer pessoas como eu, que gostam de admirar essas flores tão elegantes.

No Keukenhof, não sei se havia tulipas premiadas, mas tinha tulipa de tudo que era jeito. Algumas, sem dúvida nenhuma, mereciam um prêmio e um beijo na boca! De todas as cores e variedades de formatos, as belezinhas brilhavam em conjunto com seus primos jacintos, narcisos, dálias e outras plantas. Cada ano há um mosaico de motivos figurativos que homenageia alguma personalidade que, este ano, será o pintor Van Gogh. (Post escrito em 2015.) Outra tradição é o esperado rio de jacintos. Um suntuoso caminho de centenas e centenas de jacintos de cor azul inspira os visitantes a imaginar ali o leito de um rio.

Foto de um canteiro com tulipas rosa e brancas e umas amarelas ao fundo.

Parece uma pintura.

Foto de um canteiro de flores azuis, chamadas jacintos, em forma de rio.

Rio de jacintos. Quando estive lá, ainda não estavam totalmente abertos.

Tulipa é uma flor que é belíssima sozinha e, junto com outras da mesma cor, tem o poder de colorir extensas áreas de terra e formar bonitos desenhos ou simplesmente compridas faixas que pincelam o horizonte.

Quem deseja conhecer esse fantástico jardim, o Keukenhof, pode se hospedar em Amsterdam e, dali, pegar um trem para o aeroporto Schiphol, onde há uma parada de ônibus especialmente para quem quer fazer uma visita ao parque. No posto de vendas, em frente à parada, há a possibilidade de se adquirir um combo ida+entrada+volta, que foi o que comprei. Vale dar uma olhada no site do Keukenhof para se informar dos preços.

Duas fotos juntas, de uma tulipa amarela e outra vermelha, vistas de baixo.

Passei uns bons momentos tirando fotos e adorando.

Há variadas possibilidades de se desfrutar do parque. A mais comum (e mais barata, é bom notar) é o passeio a pé. O ingresso já dá direito ao visitante de usar seus próprios pés. Foi a opção que escolhi. Para quem quer, além de caminhar, fazer um passeio agradável em volta do parque, há a opção de alugar uma bicicleta por 10 euricos. Mas, veja bem, é em volta do parque, ou seja, a bicicleta não pode ser usada como meio de transporte entre ver um canteiro de flores e outro. Se eu voltasse lá, eu bem era capaz de querer fazer esse circuito, agora que voltei a pedalar.

Para os que desejam conhecer os campos de tulipas, onde essas gracinhas são plantadas para serem vendidas e exportadas, o passeio de barco me parece ser uma excelente opção. Dura 45 min e custa 8 euros por adulto. O barquinho vai navegando por canais e passa bem perto das plantações. No entanto, acho que não é permitido sair da embarcação.

E certamente há os visitantes mais extravagantes que querem ser favorecidos com a vista superior dos campos de tulipas e apreciar as coloridas faixas de terreno há alguns pés de altura e de dentro de um avião. (Atualização: acho que não tem mais essa opção de passeio.) Pois bem, há também esta opção e custa 125 euros, durando 30 min, devendo-se fazer a reserva previamente. Eu faria isso nas Linhas de Nazca. Nem sei se tem. Fica a dica.

Foto de um copo com morangos e chantilly.

O aroma dos morangos podia ser sentido a metros de distância da barraquinha que os vendia.

O parque é magnífico. O clima é muito tranquilo e de alegria. Mas uma alegria suave, que traz paz e satisfação. Totalmente adaptado e acessível a cadeirantes, é comum ver muitas pessoas dando seu rolé em suas cadeiras de rodas. Gente de todas as idades passa ali um tempo muito agradável. E quem tem cãozinho de estimação pode levá-lo desde que este esteja na guia todo o tempo. Os cachorrinhos podem acompanhar suas famílias :) por todo o parque, menos nos restaurantes. Os únicos cachorros que podem entrar em qualquer lugar são os cães-guias, claro.

Aliás nem me lembro de ter visto restaurante. E, se vi, passei longe. Certamente seria muito caro tomar uma refeição ali. Naquela tarde, me alimentei de sanduíche de presunto e morangos com chantilly. O preço do sanduíche eu não me lembro, mas os morangos foram os mais caros da minha vida, custando 4, 50 euros. Bom, eu precisava comer algo.

************************

Keukenhof

Website:  www.keukenhof.nl

Facebook: www.facebook.com/visitkeukenhof

************************

Leiam também:

:: o lado MONARCA de AMSTERDAM ::

:: o MEU lado FOFOQUEIRO em AMSTERDAM ::

:: o lado SURPREENDENTE de UM PEIXE CRU ::

:: o lado POP de UM SORVETE ::

Tulipas em primeiro plano e idosos com cadeiras de rodas ao fundo.

O Keukenhof é totalmente acessível e, mesmo quem não é cadeirante, mas quer se sentir mais confortável com uma cadeira de rodas, pode pegar uma emprestada no parque.

Faixas coloridas no horizonte. São imensos campos de tulipas, cada faixa de uma cor.

Os campos de tulipas colorindo o horizonte.

Foto de canteiro de de flores vermelhas, rosa e brancas misturadas.

Praticamente um tapete de flores.

Foto de um trailer antigo decorado com flores e uma casinha de passarinho, de madeira.

Havia também uma pequena exposição de decoração de ambientes. Que gracinha este trailer.

Foto da paisagem, com as flores e as pessoas visitantes.

Um clima muito agradável, colorido, perfumado e cheio de vida. E um moinho ao longe.

Ovelhinha aproveitando o sol.

Ovelhinha aproveitando o sol. Pequenos animais ficam por ali, passeando e dando um toque de fazendinha.

Coelho passeando.

Coelho orelhudo passeando.

Mais um canteiro de flores de cor lilás, amarelo e azul.

Flores azuis!

Ônibus que leva ao parque.

Ônibus especial para ir ao parque e voltar ao aeroporto.

Uma tulipa vermelha fotografada de baixo.

Que delícia passar esse tempo fotografando!

Uma mulher com um cachorro, passeando.

Cachorros são bem vindos.

Uma área ampla, de gramado com várias pessoas passeando e descansando.

Visitantes de todas as idades.

Siga o lado BOM de TUDO :: blog de Adriana no Pinterest.

Lindas tulipas rosa. E outras flores de bulbo brancas.

Gostou?

5 ideias sobre “o lado FLORIDO da HOLANDA

  1. Paula

    Que lugar lindo! Encantada.
    Estava planejando ir a Amsterdam em maio mas chegaria depois do dia 17 :(
    De qualquer forma minha viagem acabou subindo no telhado e não sei se vai rolar..
    Bjs

    Responder
  2. Maria Cidália de Figueiredo Rivas

    Amei! Mais uma vez vc nos deu uma aula! Dá até vontade de ir a “Keukenhof” conhecer toda essa beleza bem de pertinho. Você não ficou com vontade de ir lá novamente? Bjs!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *