Arquivo da tag: natureza

O lado aconchegante das Highlands

Eu no alto de uma montanha nas highlands.

Pessoa que vai temática fazer turismo na Escócia. Dêem uma gaita de foles para ela!

Muitos despertares ao raiar da aurora. Se, nos verões grego e egípcio, me levantava cedo para visitar os pontos turísticos antes das 15h com o objetivo de não ser esturricada pelo calor do Sol, no outono escocês o motivo do alarme tão cedinho era outro: conseguir aproveitar ao máximo os tenros raios solares que tocam essa parte do planeta naquela estação do ano. E tão prontamente se vão, trazendo o início da noite às 16h da tarde.

Um grande sacrifício não era, em realidade. Mas o esforço, ainda que nada dramático, dava um ar de recompensa aos lugares visitados. Continue reading “o lado ACONCHEGANTE das HIGHLANDS” »

Gostou?

O lado bucólico dos Lagos de Covadonga

Foto de um dos lagos e um vaca pastando.

Paisagem fenomenal. Lago Enol e uma vaquinha asturiana.

Pense em Espanha. O que vem à sua cabeça? Madri, Barcelona, Sevilha, Granada. Estas são as cidades mais destacadas nos roteiros de viagem e no imaginário popular turista. Pois hoje vamos mudar isso. Vamos falar do norte deste heterogêneo país.

Eu poderia dizer milhões de coisas sobre as comunidades autônomas do norte. Mas vou me fixar somente em Astúrias. Eu poderia dizer milhões de coisas sobre Astúrias, mas vou me concentrar somente nos Lagos de Covadonga. É um lugar que merece ser conhecido. E você,  – você mesmo! – merece conhecê-lo. Continue reading “o lado BUCÓLICO dos LAGOS DE COVADONGA” »

Gostou?

O lado florido da Holanda.

Foto de um canteiro de tulipas vermelhas.

As clássicas tulipas vermelhas.

Quando cheguei ao belíssimo Keukenhof, minha vontade era de me dissolver no parque inteiro. Parecia que meu limitado ser, com os meus limitados sentidos eram insuficientes para apreciar aquele lugar em sua totalidade.

Este, que é o mais famoso parque de tulipas e outras flores de bulbo da Holanda, está a 30 min em trem da cidade de Amsterdam e só abre na primavera, por motivos óbvios. Durante o restante do ano, porém, não se enganem, o trabalho é árduo e quase artesanal, mas nem por isso menos prazeroso. Bom, pelo menos eu acho. Não fiz nenhuma pesquisa para saber se os seus funcionários gostam de trabalhar lá, mas eu adoraria. Continue reading “o lado FLORIDO da HOLANDA” »

Gostou?

O lado verde da Laguna Negra

Imagem da Laguna Negra.

Laguna Negra tal como a vi pela primeira vez.

“¿Te apetece ir a la Laguna Negra, en Soria? Es un lugar que está bien para conocer.” Assim me apresentaram à ideia de conhecer essa lagoa.

Procurei no Google informações sobre ela e por que seria esse um lugar interessante. Não que eu seja muito seletiva com relação a isso. Falou “vamos” e “laguna”, para mim já está valendo! Gosto muito de passeios ao ar livre e de contemplar as belezas da natureza. Mas, claro, por curiosidade, deixe-me pegar meu celular, que está tão à mão, e dar uma bisbilhotada no que diz “a internet”. Continue reading “o lado VERDE da LAGUNA NEGRA” »

Gostou?

O lado prático da viagem à Grécia.

Bom, normalmente, eu planejo as viagens por minha conta, ou seja, eu mesma compro as passagens e reservo hotel e decido os passeios. Eu também estou acostumada a viajar sozinha e não vejo problema nisso. No entanto, para ir à Grécia, confesso que estava um pouco com medo de ir sem ninguém. Isso pelo que eu via na televisão sobre as manifestações que aconteceram lá, embora seja só um recorte da situação como um todo. E também porque eu não sabia o que eu ia encontrar por lá em termos de infraestrutura.

Então, por causa disso, fui a uma agência de viagens procurar um pacote que tivesse excursão, para eu poder estar com um grupo e, assim, não estar sozinha. Além disso, as passagens Madri-Atenas estavam caras. Mesmo as mais baratas eram caras. Eu costumo viajar em companhias low cost, mas não havia passagens dessas para lá. Então, pensei “Se é para gastar, vou gastar direito”. E fui à agência. Acabou que eu fui seduzida por um pacote ultra completo e não resisti aos encantos do mesmo.

A viagem foi divida em três partes: Atenas, Peloponeso+Meteora e Cruzeiro pelas ilhas. Situando no tempo, isso foi no final de julho e início de agosto de 2013.

ATENAS

Odeon, teatro antigo.

O Odeon de Herodes Atticus, em Atenas.

Fiquei em um hotel chamado Titania, muito bem localizado. Continue reading “o lado PRÁTICO da VIAGEM À GRÉCIA” »

Gostou?